segunda-feira, 31 de agosto de 2009

SOBRE IR

Por Jordan Campos

Hoje não vou falar dos planos, das notícias, dos cortejos, ensejos e de todos esses panos retalhados que cobrem minha pele agora.
Hoje eu quero falar sobre ir.
Ir sem planos certeiros, passagem de volta, ou conduta “moral” de verniz.
Não é um convite à irresponsabilidade.
É um convite à identidade.

Apenas Ir aonde se puder estar.
Ir pelo seu presente - amanhã e ontem não servem para nada.
Premeditar o “será?”.
E viver no que “haverá”.
Com a ingenuidade de uma criança, mas com toda a Fé da mais forte oração.

Dormimos 1/3 de nossas vidas – aos 30 anos vive-se apenas 20.
E destes 20 passa-se 85% pensando sobre o que passou e o que se espera do futuro...
E o presente?
Continua embrulhado com o teu Deus vestido de carteiro buzinando na sua porta.
E você distraído a procurar seus ‘trevos de quatro folhas’ nos quintais.

Sentir o frio na barriga do “pôr tudo isto a perder”
E sorrir, com o risco de ser um sucesso.
Pois o tudo, agora, não é tudo: mero conformismo.

Comprarei Rufles e Coca-Cola.
Quem venham as desejadas calorias
Pois irei consumi-las vorazmente.
Nos meus agitados neuro-transmissores entusiasmados pelo:
Ir.

.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Eu e Você (algo mais)

Resolvi hoje postar uma canção minha. Ela está em voz e violão.
Eu mesmo compus, toquei e cantei.
Fiz este clip há algum tempo.
Estava revirando algumas coisas antigas no PC e a encontrei.
Gosto tanto dela!

Segue o clip e letra abaixo (aumente o som!!!)

video

Eu e Você (algo mais)

Enxugue suas lágrimas:
Esta não é uma canção de dor.
Arrume seu cabelo bagunçado:
O vento sopra agora a favor.
Peça um beijo em seus lábios partidos:
O mundo precisa do seu sorriso

Mas não se preocupe tanto assim
Só um pouco para eu não me esquecer.
Mas quando eu quiser chorar
Navegue pelo rio salgado e apenas me abrace.

A escolha final é sempre nossa.
Se o certo é errado, ou se tanto faz
Você sabe muito bem!

Mas, me diga algo mais sobre você
Algo que eu possa usar contra você
Pra te trazer de volta quando tentar fugir de mim.
Me mostre o que nunca mostrou a ninguém
E me faça apenas feliz nesta noite.

Enxugue minhas lágrimas
A canção me deixou assim.
Bagunce meu cabelo espetado
E me faça ver nos olhos que eu estou bem
Devolva o beijo que te dei e me faça sorrir.

Eu ando preocupado com você
Um tanto muito que a noite é longa.
Mas se você quiser chorar ...
Não importa onde esteja você já aprendeu a me encontrar.

Mas o frio gela minha alma
Que se dane o gelo!
A minha escolha eu já fiz
Só não me mostrei ainda.

domingo, 23 de agosto de 2009

Fragilidade e Controle (parte 1)


Por Jordan Campos

Nesta onda de vírus, gripes e notícias alarmantes, fico pensando o que estaria por de trás de todo este terror midiático e literal.
Haveria uma conspiração, uma revolução ou uma lógica ainda invisível?
Vou mudar o foco: quem estaria a ganhar com isso tudo?
Parece terrível pensar assim?
Não, calma...
Esta resposta pode ser assustadora, mas vale à pena refletir.
Não existe acaso. Nos bastidores do ser humano há de se ter quem ganhe com tudo sempre. E quem ganha é desesperadamente louco por lucro, e esta loucura sempre está isenta de qualquer pudor, moral e ética.
O terror desta nova gripe começou, e já ouvi dizer tanta coisa... Tipo que a mesma foi inventada em laboratório. Também há quem diga que foi uma falha de um laboratório da Novartis que fica no México, coincidentemente há 15 km do primeiro caso. Estão falando muitas coisas e tentam complicar mais a nossa cabeça. Outros juram que a vacina futura tem mercúrio e que isso pode ser fatal... Li até um artigo que suspeita de que agora com esta nova gripe, vão obrigar o povo mundial a se vacinar e que vamos receber micro-chips através dela, controladores, para a nova ordem mundial que se estabelecerá. Um plano macabro... (!!!) Em meio a abobrinhas, fumaça e especulação existe uma verdade velada?

Mas voltemos à pergunta original... Ou melhor, reflita e busque a melhor resposta para as perguntas abaixo:

Quem mais ganharia com uma depressão em massa?
Quem mais ganharia com o tratamento dos que são menosprezados por não serem os melhores (os complexados)?
Quem mais ganharia com a idéia que para ser feliz deve-se conquistar o mundo, comprar de tudo e ir além do limite?
Quem mais ganharia com a idéia ver de que ou você é um garanhão e pega todas ou é um fracassado?
Quem ganharia com as gripes, o câncer, o controle para a AIDS, a eterna dor?
Quem, quem?

... Fluoxetinas, Sertralinas, Diazepans, Rivotrils, Ritalinas, Viagras...

A indústria Farmacêutica, é claro!!!
Você pensou em quem?

Nenhum remédio está ali para ser dose única e se curar de vez. É preciso o controle, o uso prolongado que não cura a doença em si, mas aprisiona o ser por inteiro. Não é interessante curar, já pensou nisso?
É na indústria farmacêutica que estão os supostos antídotos de todos os maiores males que nos assombram, segundo os mesmos.
Sabe aquele homem que fura a fila e passa na sua frente com uma mala enorme quando você está no seu médico quase para ser atendido?
O representante da indústria do controle!!! Ele paga férias, cursos e até faculdade dos filhos de alguns doutores. E inundam e fascinam a nossa pressa com suas ‘amostras grátis’ em embalagens da salvação.

A tendência da tecnologia que afasta os homens no dia a dia, da alimentação rápida e descontrolada, da sexolatria que leva há tantos e tantos estragos... Da paranóia da existência, do mito do fracasso social... Tudo isso me leva a intuir que existe algo de muito errado na nossa esquina. Naquela farmácia ali mesmo.

(continua em breve...)

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Neste Dias

Por Jordan Campos

As ruas parecem estar diferentes
O cheiro da noite me envolve num sutil flerte
As estrelas perecem estar mais ao alcance, de repente
E eu bem sei o que isso significa.

Neste dias os pedestres se chocam com meu sorriso
E espantados acham incongruente e exclamam mudos
Os antigos dados viciados receberam alta
E soube que procuraram meu endereço num site de busca.


Havia um homem na esquina cantando velhas canções sobre mudanças
Havia uma voz sussurrando: “feche os olhos e pule”...
Let it be
Havia algo cujo eufemismo era deslumbrante... Aqui, bem aqui.

Ontem e amanhã não existem, e amanhã vai ser de novo hoje
Presente então, como num embrulho dos céus
Minha poesia sem poema bateu à porta, velha saudade.
E num copo de vinho quase cheio me aqueci e abri o velho ‘piano’.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Talvez

Por Jordan Campos

“Talvez eu venha a envelhecer rápido demais.”
E como sempre esqueço o protetor, fique com rugas, feio e só.
Venha a chorar rios de lágrimas em dias chuvosos
Pelo meu jeito desmedido, piegas, exigente...
É que me deram quando nasci uma passagem em mãos.
E espero este trem chegar - me confundo com cores, sons e dói.
Será que sou tão complexo assim só porque tenho este canhoto de passagem?
Eu preciso mostrar as verdades que eu digo, nas vezes que eu minto.
Fazer entender que sou apenas um homem, com a tatuagem de um sol no braço
Imensamente apaixonado.

“Talvez um dia o sol deixe de brilhar, mas então irei me banhar na chuva.”
Adapto.
Hoje, se não ama, minta...
Quero me enganar um pouco.
Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades e amores.
Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos e que me amam, nunca estarão perdidos.

“Porque no final não haverá nenhum “talvez” E sim a certeza de que a minha vida valeu à pena e eu fiz o melhor que podia”. .

domingo, 16 de agosto de 2009

No Limite (da nossa paciência)

E a programação da Tv brasileira a cada hora fica mais apelativa, extrema e ridícula. Será que é o efeito de não precisar mais de diploma para ser jornalista? Seria um protesto subliminar, uma teoria da conspiração para o Supremo tribunal voltar atrás?

Vou começar pela parte interessante. A Globo e a Record entraram em guerra franca. A primeira destina dez minutos do sagrado jornal nacional a acusar a igreja universal de extorsão, roubo e completa má fé (ficou até paradoxo). Os fiéis coitados, financiam cada vez mais o aumento do império deles, e eles compraram mansões, emissoras, artistas, jatinhos e poder!!! O Edir Macedo se defendeu e disse que o jatinho é para levar a palavra de Deus mais rápido a outros países. A igreja universal já está em 170 países e diz o dono que sonha dominar os países muçulmanos. Daí, do muito que todos já sabem há muito tempo, a Globo resolve mostrar os bastidores da coisa negra... Claro que numa hora em que se vê perdendo larga audiência para as concorrentes – tudo bem pensadinho. Os artistas indo embora... etc e etc. Mas juro que não entendi ainda aquela novela lá da Record... dos Mutantes que tinha demônios e vampiros em horário nobre. Quer dizer que apelaram para o filho do capeta para ter audiência? Uai... Em quem confiar meu Deus???


Ok, esta história toda vai longe. Agora fiquei pensando porque a Globo está perdendo audiência, mas neste domingo estava assistindo à dita cuja e realmente está notória e evidente a tal causa. Primeiro no fantástico, na “Liga das Mulheres (objeto)”, elas tentam fazer um loira desencalhar. Nossa... Minha primeira azia. A mulher tinha problemas de relacionamento e identidade, gente - um bloqueio com o sexo masculino evidente, e a colocaram em boates, festas e nada... Depois tentaram uns encontros armados e nem assim ela desencalhou. A liga das mulheres falhou... Se bem que não vi acertarem em nada ainda, mulheres reajam!!! O programa está ‘queimando’ a classe e é extremamente machista para um médio entendedor. A mulher precisava de umas sessões de regressão e de PNL e resolvia este caso.


No final da noite, dei uma pausa no leve e divertido livro que lia do Allan & Barbara Pease e tive a infelicidade de ver o “No Limite (da nossa paciência)” e a globo realmente apelou com nuances de terror. Eu pensei que estavam colocando no ar um episódio de Jogos Mortais... O pessoal do programa teve que comer olho de cabra cru, depois matar 24 peixinhos ao vivo e comê-los ainda tremendo... Que coisa sádica!!! Tomara que seu filho tenha ido dormir cedo... E por fim comer ovo com um pintinho quase para nascer. Foi o fim... Sangue escorrendo pela boca, pena sendo cuspida... Eca... Depois a globo não sabe o que acontece e vai brigar com a Record. Virou emissora ‘lado B’ trash. Enquanto isso o Edir deu outro depoimento dizendo que os pastores vestem Armani sim, pois têm que estar bonitos para Deus (???) E para dormir agora e finalizar este texto, vocês viram o que aquela senhora que doou 100 mil reais à Igreja recebeu em troca, pois Deus não deu em dobro? Recebeu da igreja um diploma de mérito por doação assinado por... por... Jesus Cristo. Sim, depois desta como é quem eu não vou sonhar com estas coisas horrendas? Estava lá assinado “Sr. Jesus Cristo” – pasmem!!!


Antes ter assistido à Samara ou o ao Massacre da Serra Elétrica, seria mais educativo e menos chocante.

Oficina de Excelência Pessoal para Jovens

Neste domingo acordamos cedo para realizar uma Oficina de Excelência Pessoal dedicada a jovens que estão concluindo o segundo grau.
Embora eu também seja jovem (risos), tenho um carinho especial por esta fase, principalmente por poderem fazer literalmente tudo que quiserem - construir grandes sonhos, traçar grandes feitos e mudar a si mesmo e a seu mundo. Um momento único e muito mal usado nos dias de hoje, onde a juventude repousa silenciosa em um mar de fugas, superficialidade e controle.
Conheço muitas pessoas que quando recebem algumas informações chave sobre si mesmas depois de bem crescidas, colocam a mão na cabeça pelo ‘tempo perdido’ e por só agora poderem despertar. E essas pessoas, quando bem ‘despertas’ já produzem façanhas – imaginemos então estes jovens entendendo tudo que podem e principalmente como fazer isso.
Oferecer recursos para um autoconhecimento profundo, técnicas de PNL, neurociência acessível, meditação e diálogo interno, controle emocional e principalmente entender como o corpo e a mente funcionam para cumprir o nosso destino, que é uma massa de modelar nas mãos de quem desvenda estes simples e imensos mistérios.

Fica a dica para professores, pais, diretores e alunos.





























.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Opostos

Por Jordan Campos


Longo é o pérfido desejo das nobres causas.
Curto é o gemido frígido de quem tirou as calças.
Molhado foi o beijo que molhou tudo.
Seco foi o adeus a mais num beijo em que você se enganou.
Distantes são os planos com a “grana” daquela “loteria” que ainda deseja ganhar.
Curto é o caminho ao “bilhete” que você sempre esquece de “jogar”.
Traidora é a opção de quem se deixa enganar.
Fiel é o cachorro às três da manhã, no portão gelado, a te esperar.
Calmo, brando e indulgente é o Amor.
Agitada, ardente, e juiz é a Paixão.

Feliz é o espelho.
Triste é o Mundo.
Amarga é a solidão dos que andam juntos.
Doce é a união dos que vivem a mil quilômetros de distância.
Achar é acreditar.
Fé é não duvidar.

Sorrir é ver a saudade entrar de verde.
Chorar é ver a saudade ir ainda de verde.
Esperar é correr para deixar tudo em ordem para o dia D.
Impaciência é ficar parado esperando a solução cair do céu.
Finita é a dor, a ilusão, os erros e a prisão.
Infinito é tudo aquilo que você acabou de fazer.

Enfim o oposto é um aposto explicativo às vésperas do grande jantar.

.

domingo, 9 de agosto de 2009

III Workshop de Iniciação em PNL (programação neurolinguística)

Você já se perguntou por que poucas pessoas, independente de formação ou condição social conseguem realizar grandes feitos, ser saudável, estar sempre radiante e bem sucedida em relacionamentos e negócios? Você sabia que mesmo sem saber elas estão usando a PNL?
Há menos de 50 anos cientistas e psicólogos descobriram a linguagem cerebral destes feitos e codificaram a estrutura do sucesso e harmonia pessoal. Não estamos falando de auto-ajuda ou truques de motivação e sim de ciência, a mais pura fórmula teórica e prática ao seu alcance, no ilimitado mundo da programação neurolinguistica. Ouse aprender a usar o potencial e a linguagem de sua mente e revolucione sua vida!

Data: 05 de Setembro de 2009 – Sábado
Carga Horária: 8 horas – Manhã e Tarde – Com Certificado reconhecido pela OTHB
Local: Instituto Quatro Estações, Rua Recife, 115 – Jardim Brasil – Salvador – BA
Vagas Limitadas – 60 vagas
Inscrições Abertas!!!

O que é PNL?
É a ciência que estuda a estrutura dos comportamentos, dos pensamentos e do processo subjetivo envolvido em toda a nossa vida. Digamos que PNL é a bula da mente.

O que você vai aprender no Workshop?
A usar todo o seu potencial mental, ter excelência em comunicação, aprender linguagens hipnóticas, superar fobias, traumas e medos. Acessar um conteúdo de alto impacto, novíssimo e aprender a sua teoria e prática. Melhorar sua saúde, memória, concentração e qualidade de vida. Desenvolver qualquer meta com PNL e ressignificar a si mesmo.

Programa
Neurolinguagem, Pressupostos, Rapport, Padrões Lingüísticos, Metalinguagem, Canais Mentais, Hipnose (desmistificando), Modelagem, Ressignificação, Espelhamento, Conquista, Ancoragem, Centros de Força e muita prática.

Público Alvo
Profissionais de todas as áreas e estudantes

Facilitador
Jordan van der Zeijden Campos, Terapeuta de Regressão e Transpessoal – OTHB 381. Perfil completo em http://www.intercessio.com.br/

Inscrições
Apenas 60 vagas.
Valor: R$ 160,00 Profissionais e R$ 80,00 Estudantes
Inscrição no Instituto Quatro Estações, Rua Recife 115 – Jardim Brasil – Salvador / BA
Ou pela internet, solicitando ficha virtual através do e-mail: jordan.terapia@gmail.com

Informações: 71. 3247.6711 / 9935.0700

sábado, 8 de agosto de 2009

Qual o sentido da vida, então?


Voltando no tempo com certeza esta foi a pergunta que mais se fez e se faz.

Acostumamos então, para frear a desmedida proporção desta filosofia demasiada correndo nas veias, a aprender conceitos básicos que ‘seguram a nossa onda’ e consolam um pouco, até algumas crises ou perdas começarem a acontecer em nossas vidas e passarmos a nos perguntar de novo e de novo. Temos convicções imprecisas sobre tudo que o futuro nos aguarda, e nos protegemos muitas vezes de pensar sobre isso na próxima máscara.
Cremos em vários Deuses ao redor das culturas deste do mundo, pintamos este Ser infinito numa forma finita e falha, e vejo muitas pessoas acreditando cegamente que Ele os colocou aqui e agora intitulou regras num livro para voltarem até ele. Joguetes? Fantoches? É muitas vezes mais fácil engolir esta pseudo-verdade do que pensar e a nenhum lugar por vezes chegar, reconheço. Acreditamos na vida após a morte, em reencarnação, na morte espiritual ou na condenação eterna... E se estivermos errados?


Quer questionar tudo e refletir? Vá ao IML e peça, para assistir a uma autópsia completa ou clique no youtube e procure uma 'bem legal'. Se você não for da área de saúde médica a cena vai te fazer pensar um pouco na fragilidade da vida, no mínimo.


A vida é uma bela imprecisão. Uma aventura na qual arrotamos a valentia do livre-arbítrio até uma cordinha nos puxar e mostrar realmente o limite. Estamos agora perdendo para os vírus e bactérias, eles são o futuro da humanidade - pelo menos estão a cada dia contabilizando mais e mais vitórias e nem têm cérebro, são puro instinto programado.

Ah, esta nossa tola convicção de superioridade! Arrasados pelo passado, ausentes do presente e cada dia mais a solidão real invade estes corpos colocando de tudo, menos as próprias almas, lá dentro.


Zumbis aprisionados. Aprendizes de estátua sem manual de instrução, feiticeiros sem mágica nestes dias de ilusão.


Unf... Vontade de comer melão com presunto...

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Vem aí o I Congresso Nacional de Terapia Regressiva


Este congresso será realizado na nossa terrinha, Salvador, de 20 a 22 de Novembro deste ano e estarão presentes os maiores nomes da terapia regressiva no Brasil.
A terapia transpessoal que tem como uma de suas ferramentas a terapia regressiva, vem crescendo a cada dia, trazendo espaço para uma nova abordagem de cura total e assepsia da alma. Esta terapia, suas fundamentações teóricas e práticas chegam em um momento de colapso de diagnóstico e cura puramente reféns da medicina ortodoxa, onde somos assaltados por medicamentos e visão limitada de controle e prisão.


Se você é um profissional de saúde, estudante ou simpatizante dos processos mentais e holísticos esta é uma grande oportunidade de aprender mais sobre este infinito universo transpessoal.
As vagas são limitadas.


Já estão confirmados no congresso nomes como os de: João Carvalho Neto, Dr Ribamar Tourinho, Idalino Almeida, Jordan van der Zeijden Campos, Marta Moreira Mendes, Renato Coutinho... Entre outros.

Para saber mais sobre o perfil destes profissionais, forma de inscrição e temas abordados acesse o site do evento agora mesmo: http://www.regressaocongressoba.blogspot.com/

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Hoje a Amanhã

Estava aqui filosofando como de costume sobre a nossa displicência com a vida, a nossa oportunidade de estar aqui - e como somos ingratos e muitas vezes suicidas inconscientes.
Vivemos correndo. Acorda. Pega o ônibus ou carro. Transito. Trabalho ou escola. Almoço às pressas. Transito. Fila. Cansaço. Salário. Comissão. Mesada. Dorme. Acorda. Rotina. – fazemos a poupança, sonhamos com a casa própria, com o carro, com um dia fazer uma coisa legal quando puder.
Mas... E se ao acabar de ler esta mensagem a arteriazinha do seu coração estourar e vc cair sobre este teclado a sua frente? O que ficou? O que vc fez? Vc vai poder sacar a poupança que guardou este tempo? Dirigir o carro? Mostrar a casa aos amigos? O que vc vai levar? ... Daqui: NADA!!!
E por que então passamos a vida coletando o que não nos servirá de nada e aquilo que é de Moral e de Espírito ficamos sempre esperando uma data para acontecer, um dia para realizar... Uma loteria para ganhar.
Tudo é “um dia farei”, “quando eu tiver dinheiro vou...”. PARE! PARE!
Não dá para ver que isso é loucura?

Costumo dizer que existem dois dias onde nada pode ser feito... Ontem e amanhã.
São eles. Estáticos. Imóveis. Só hj vc pode perdoar, praticar a caridade real (que é compartilhar o que vc tem de melhor e não o troco do bolso amarrotado).
Então... Perdoemos agora, falemos Eu Te Amo agora. Pegue caneta e papel e faça a lista de compras de teu sonho para hoje
O que você vai fazer hoje se ficar sempre esperando amanhã, e o amanhã vai ser de novo hoje e você sempre estará esperando mais um amanhã...
Amanhã? Ok, tomara que ele exista.
Muitas vezes só acordamos pela dor, e muitas vezes (quase sempre) é tarde de mais. Hoje é a hora. O nosso cedo. Que virará abóbora à meia noite.

Motivação na Rede Pública - Parte 3 (suadeira)

Mais uma bem sucedida reunião de motivação com alunos da rede públida do estado da Bahia.

A meta é levar uma esperança nova, auto-estima e recursos neurolinguísticos para estes cidadãos que em breve estarão ainda mais ativos na nossa sociedade. A turma do 2.o Ano do Manoel Novaes me surpreendeu.
Vamos agora fazer uma oficina de excelência pessoal.
Não reparem na quantidade de suor que desepejei... Ufa!!!

Inverno na Bahia não existe.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Ensaio sobre o Borogodó

Desculpem-me os belos rostos e corpos apenas gostosos:
Mas borogodó é fundamental.
Caiu a ficha?
Sim, falo daquele negocinho que tira do sério...
E faz dizer que ama... Mesmo sem amar
Que apaixona... E desnorteia a mais falsa moral que há.
Em todo o relacionamento há de se ter borogodó
Para que seja duradouro e digamos, em ciclo fechado.

Casalsinho conformado e sem briga?
Tem galha no meio, pode apostar.

Sim, borogodó é também um tipo de pegada
Mas não falo de tato, preste atenção:
Pegada são os cinco sentidos em um
Comer com os olhos, encher a boca d’água com o cheiro
Perder o pudor, de cara limpa, suor, olhos... Uma mão que aperta.
Queimadura desejada de dois ou mais corpos escaldantes
Borogodó é aquilo que te faz remexer na cadeira só de pensar...
Falar coisas borogodescas...

É escutar o espírito buscando o último oxigênio que queima o suspiro.
É tocar, pegar, amassar... Tudo isso junto e simples.
É passear no shopping de mãos dadas e melar o nariz do outro com sorvete de chocolate.
É voltar para casa, e se o elevador fosse até mais que o décimo andar, um filho ali seria feito no caminho.

Borogodó é ritmo também, uma canção interminável.

Um pouqinho de ausência, insegurança e muita surpresa não faz mal a ninguém.
Borogodó é riso, gozo infinito e sem pecado.
É Terra do Nunca visitada e relembrada.

E viva o borogodó !!!

sábado, 1 de agosto de 2009

CONTRAMÃO


Eu estou enganado ou os carros vêm ao contrário?
Eu estou piegas de mais ou aquela canção ainda me faz chorar?
Eu falo demais, ou demoraram a entender o que a primeira palavra disse?
Eu magôo ou você se permitiu?

Onde estão os tais óbvios sinais que não enxergo?

A vida é uma biblioteca ortodoxa com aquela placa de silêncio enorme.
Então se for crime gritar, me condene.
Leve-me à masmorra ou à forca.
Pois a primeira desabará pelo meu grito.
E a segunda desatará pelo meu eterno suor.

Como um Dom Quixote calejado.
Pois pode apostar que eu vou!