sábado, 1 de agosto de 2009

CONTRAMÃO


Eu estou enganado ou os carros vêm ao contrário?
Eu estou piegas de mais ou aquela canção ainda me faz chorar?
Eu falo demais, ou demoraram a entender o que a primeira palavra disse?
Eu magôo ou você se permitiu?

Onde estão os tais óbvios sinais que não enxergo?

A vida é uma biblioteca ortodoxa com aquela placa de silêncio enorme.
Então se for crime gritar, me condene.
Leve-me à masmorra ou à forca.
Pois a primeira desabará pelo meu grito.
E a segunda desatará pelo meu eterno suor.

Como um Dom Quixote calejado.
Pois pode apostar que eu vou!

Um comentário:

  1. Muito lindo!aliás como tudo que vc escreve.Muita PAZ!bjs, Rai.

    ResponderExcluir